Seguidores

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Estaria a era dos antidepressivos chegando ao fim?

Luiz Sperry(*)

A época dos antidepressivos começou no final dos anos 80, com o lançamento da fluoxetina (sob a alcunha de Prozac), alardeada como a pílula da felicidade. Desde então, o uso de medicamentos para atenuar a depressão se alastrou pelo planeta, movimentou bilhões de dólares e mudou o jeito com que as pessoas se relacionam com a psiquiatria e até mesmo com suas vidas.

Google imagens

 Isso nos leva para outra questão fundamental. Nunca as pessoas foram tão diagnosticadas, nunca tomaram tanta medicação e os números não param de crescer. Estamos indo no caminho certo? Nos últimos 60 anos respondemos papagaiando:“Serotonina! Serotonina!”, mas parece que, no fundo, as pessoas não estão vivendo melhor.
Não me surpreenderia se as pessoas num futuro próximo perdessem a fé nos antidepressivos (e por conseguinte na psiquiatria). Porque aquilo  que a medicação pode oferecer é algo muito distante do que se pode chamar de felicidade.É hora de pensar o que se pode oferecer de verdade, além disso....

VEJA O ARTIGO COMPLETO NO LINK ABAIXO:

(*) Veja mais em https://luizsperry.blogosfera.uol.com.br/2018/01/15/estaria-a-era-dos-antidepressivos-chegando-ao-fim/?cmpid=copiaecola ... -