Seguidores

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Água Viva - Raul Seixas



Eu conheço bem a fonte
 Que desce aquele monte 
Ainda que seja de noite

 Nessa fonte está escondida
 O segredo dessa vida
 Ainda que seja de noite

 "Êta" fonte mais estranha, que desce pela montanha
 Ainda que seja de noite.

Sei que não podia ser mais bela
 Que os céus e a terra, bebem dela 
Ainda que seja de noite 

 Sei que são caudalosas as correntes
 Que regam os céus, infernos 
Regam gentes 
Ainda que seja de noite 

Aqui se está chamando as criaturas
 Que desta água se fartam mesmo às escuras
 Ainda que seja de noite 
Ainda que seja de noite...

 Eu conheço bem a fonte 
Que desce daquele monte 
Ainda que seja de noite
Porque ainda é de noite! 
No dia claro dessa noite! 
Porque ainda é de noite
No dia claro dessa noite! 

Fonte: http://letras.mus.br/raul-seixas/48294/

Observação:

A fonte é um poema de San Juan de la Cruz, o Cantar da alma que se alegra em conhecer Deus pela fé e esta canção foi uma adaptação de Paulo Coelho e Raul Seixas.

Fonte: http://retabulodejeronimobosch.blogspot.com.br/2012/02/ao-ouvir-musica-agua-viva-raul-seixas-e.html